Este texto mostra e exemplifica algumas características que deveriam ser observadas principalmente aos bottons novatos (submissas e submissos), em especial aos “Filhos de Grey” que leram 50 Tons de Cinza e se acham preparados a lançar-se de cabeça no mundo BDSM. Como qualquer porção da nossa sociedade, nosso meio – infelizmente – está cheio de pessoas má intencionadas e sem escrúpulos. Histórias de chantagens emocionais ou abuso no exercício de sua “autoridade” como senhor são mais que frequentes em dias pós 50 Tons.

Também tem muita gente do bem e são para estas pessoas – geralmente as encontra juntas ou agrupadas – do bem que você iniciante deve tentar se aproximar.

Por isso achei interessante dividir este texto publicado pela  no Grupo (Grupo somente para convidados administrado por )

Se você é iniciante, leia com atenção !

Respeito

Um dominador de qualidade mostra respeito aos submissos e para com os outros. Ele faz perguntas sobre sua vida, escuta as respostas e não te coloca para baixo (a menos é claro que estejam em uma cena de humilhação).

Equilíbrio

O bom dominador mantém um equilíbrio entre sua vida baunilha e BDSM. Ele pode falar sobre sua família, animais e outras coisas que nada têm a ver com BDSM. Ele têm um senso de humor sobre o estilo de vida e não se leva a sério demais. Evite dominadores que só falam de BDSM, ou que não consegue manter um emprego ou manter amigos. Evite especialmente dominadores que se queixam de seus parceiros ou ex-parceiros numa cena. Um dia você será o ex e ele irá reclamar de você para outros.

Comunicação

Um dominador precisa ser capaz de expressar as suas emoções e articulá-las. Se ele é um cara estereotipado que não pode expressar emoções, ele não será capaz de suportar o seu lado emocional quando chegar a hora. Se ele não pode controlar o temperamento muito provavelmente não terá o equilíbrio necessário para respeitar seus limites.

Coerência

A palavra de um dominador deve ser tão boa quanto ele e vice-versa. Se ele dize que vai aparecer em seis horas, ele aparece. Se você vai confiar nessa pessoa com seu corpo e, possivelmente, seu coração, você precisa saber que ele é sério. Um dominador que aparece de vez em quando não é um dominador eficaz.

Profundidade

Um dominador de qualidade reconhece que as relações D / s tem várias dinâmicas que são muito diferentes e às vezes muito mais complexas do que as relações baunilha. Devido a isso, ele deve ter um melhor entendimento da natureza humana do que a média. Para viver uma vida presente você tem que entender a natureza humana. Mas para ser um dominador bem sucedido você realmente tem que começar em um nível muito mais profundo. Fazê-lo com uma pessoa rasa ou superficial contribui para uma experiência rasa e superficial.

Competência

Um bom dominador não precisa saber como usar cada brinquedo na caixa de brinquedos, mas ele precisa estar motivado para aprender. Um dominador novato não deve fazer determinadas práticas sem orientação ou um tutor para orientá-lo. Ele deve ser informado sobre como evitar doenças sexualmente transmissíveis, e ter a consciência de primeiros socorros. Ele sabe que a leitura e fantasiar sobre BDSM não é a mesma coisa que fazer. Um bom Dom reconhece que ele nunca saberá tudo e está sempre pronto a buscar e encontrar novas informações.

Referências

Um dominador de qualidade é conhecido por alguém. Um novato não pode ter referências BDSM, mas todo mundo tem família e amigos. Se ele está totalmente no armário e não pode oferecer nem uma referência baunilha, então ele pode não ser uma boa pessoa para se envolver.

Ser “conhecido” na cena não garante que uma pessoa é um bom dominador, mas garante que é seguro ‘brincar’ com esse dominador. Há uma abundância de dominadores que têm grande reputação por causa de seu conhecimento técnico, mas têm pouco a oferecer quando se trata das complexidades de um relacionamento real.”
Texto extraído do site: